Tag Archives: passagem

Passagem, visto, outras cositas más…

7 fev

Então, para ajudar a galera que está interessada em ir para Austrália, faço este post contando minhas providências burocráticas. Odeio burocracia, assim como odeio ter que tomar decisões definitivas (fico pensando prós e contras infinitamente, chega dá raiva), portanto, no meu mundo perfeito tudo seria como um filme da sessão da tarde onde a gente só embarca, passa um minuto no avião e chega. Como diria o Thor Batista, filho do Eike Batista, no Twitter: “Enquanto vcs acham dinheiro no bolso, meu pai acha petróleo no Brasil”. Humilde, né?? Sou mais achar dinheiro no bolso hahahahaha

Maaassss como nem todo mundo é Eike Batista, aí vão algumas dicas para quem tem que se virar:

PASSAGEM

Comprei a minha morrendo de medo de que o visto não saísse, pois a embaixada deixa claro que vc só deve comprar a passagem depois q o visto sair. Porém, no programa Ciência sem Fronteiras, principalmente no 1o edital e do CNPq, estamos sentindo na pele o que é ter que fazer tudo as pressas. Meus amigos do intercâmbio do IFMSA (international federation of medical students, ou algo assim) planejaram o intercâmbio deles de 1 mês com mais de 1 ano de antecedência. Eu que vou passar um semestre, não foi nem com 6 meses (deu uns 4 meses e pouco)… foi uma novela mexicana, de idas e vindas e muitas incertezas. #CNPqparececomaPaolaBracho

Resultado: comprei a passagem na cara e na coragem, por uma agência de Porto Alegre, indicada pela Latino Austrália. Vamos lá:

Tarifas: varia de acordo com a data, antecedência, companhia aérea, uma série de fatores. Mas uma coisa IMPORTANTE para quem nunca tinha ido ao exterior, como eu (pois é, pobrefeelings, mermu), é que comprar IDA E VOLTA, sempre sai mais barato. O CNPq faz de retardado, pois só deposita a volta junto com a última bolsa.

Empresas aéreas: tem várias que fazem, pelo que pesquisei na internet, saindo do Brasil, as melhores são:

– Emirates (a cara da ryquezza, luxo total, por isso a mais cara. Sai por Dubai)

– LAN (ótima relação custo-benefício, passagens mais baratas, porém aviões novos e bom serviço de bordo. Sai por Santiago)

-Aerolineas Argentinas (não cheguei a pesquisar preço, nem sei se opera mais esse trecho, mais todos os blogs que pesquisei dizem que é um lixo)

-British Airways (também boa relação custo-benefício, o ruim era que eu tinha que ficar 1 dia em Londres esperando)

-American Airlines (não pesquisei muito dessa, só sei que sai por Dallas e pelo site, é bem parador)

No fim, acabei comprando pela LAN, que faz Galeão-Santiago-Aukland(Nova Zelândia)-Brisbane. Era o menos parador de todos e com menor tempo de voo.

VISTO

Tirar o visto para Austrália não é tão complexo como para os EUA. Tirei o student subclasse 575. Quase todos os tipos de visto para Austrália é feito pela internet, no aconchego do seu lar. Vc preenche um formulário de application, com várias informações suas, incluindo dados sobre sua saúde, vacinas etc.  Quem me ajudou a preencher foi mais uma vez minha guarding angel, Claudia, da Latino Austrália. Depois que vc paga a pequena taxa (não lembro mais quanto é, vou dar uma olhada aqui), com cartão de crédito internacional, vc recebe o número do protocolo para rastrear na internet e os forms para levar no exame médico. São dois: um para o médico clínico e outro para o radiologista.

Essa é a parte chata: vc deve marcar um exame médico com os médicos conveniados da embaixada (tem no site que vc faz o application) e levar os forms no dia. No clínico, ele te pergunta coisas gerais sobre sua saúde, histórico de doenças, afere a pressão, ausculta, coisas do tipo. No meu, o homem, professor da faculdade de medicina da UFRJ, me perguntou se eu sempre tive olhos grandes. Respondi que não tenho hipertireoismo! Poxa, nunca pensei que tinha exoftalmia não (desabafo =/ saí mandando mensagem para todos os meus amigos perguntando… A louca!). Depois, vc vai até uma clínica de radiologia conveniada e faz um raio x de tórax (podre, né, se expor a radiação a toa). No fim, vc gasta com a consulta e com o raio x. Ah, e não se esqueça de já levar um EAS (ou urina tipo 1), exame normal de urina, para economizar tempo, no dia da consulta. Você pode pedir a qualquer médico que te dê um pedido (melhor até ser do seu convênio,assim vc economiza), leva no laboratório e pronto.

Depois, eles mandam todos os forms para a embaixada em Brasília e em 15 dias, no máximo, sai! No meu caso saiu em menos de uma semana! Eita povo eficiente!

Lembrando que, para começar todo o processo de application é IMPRESCINDÍVEL ter o CoE, que é a carta de matrícula. Diferente da offer, que vc recebe quando aplica para a universidade. Muita atenção, pois vi gente confundindo! Depois que vc aplicou para a universidade, disse que era um aluno brilhante, louco para estudar na Austrália, indo pelo CsF, blablabla whiskas sachê, vc recebe a OFFER, que diz que vc foi aceito. Para a sua offer avançar para CoE, é necessário que vc pague as tuition fees (taxas escolares).

O CNPq prometeu pagar nossas taxas, mas o processo é extremamente lento. Mandei a fatura da universidade, que ganhei junto com a offer e estou perturbando até hoje. Segundo informações do próprio CNPq, tudo indica que esta semana eles pagarão as taxas.  Masss, alertada por um colega do grupo do CsF no Facebook que tbm vai para Austrália, resolvi não esperar a morosidade do serviço público federal e adiantar uma taxa. Expliquei para a universidade o que estava acontecendo e eles aceitaram que eu pagasse uma taxa de 1197 doletas australianas para liberar o CoE. Isso foi outro capítulo da novela, quando eu contratei uma corretora de câmbio para fazer o pagamento. Quando o CNPq pagar, a universidade irá me reembolsar.

Acho que outras informações importantes é atentar para franquia de bagagem de 46 kg, sendo 2 malas de 23kg cada uma. Uma outra cosita é a tomada australiana, que é de 3 pinos, bem esquisita, espero achar um adaptador no free shopping.

Bom, o post ficou gigante, até eu fique cansada de escrever. Pelo menos, acho que estou me virando bem.

Anúncios

O parto

6 fev

Então hoje acordei e vi na inbox do hotmail o email da imigração com o visto. Nem dava pra acreditar… passei o fim de semana tensa achando que tinha me precipitado em comprar a passagem sem antes ter o visto, e que não ia dar tempo! Mas deu, como deu!!!

Posso agora respirar aliviada. Agora é tudo real, não tem mais como dar errado. Tudo que estou planejando desde meados de Setembro do ano passado está se materializando. Quantas noite viradas na internet, quantos dias sem estudar para as provas na faculdade para estudar para o Toefl, quantos momentos de tensão pensando que não ia dar certo. E deu, como deu.

Agora a gestação já tem parto marcado. Dia 18 de Fevereiro. Em pleno carnaval. Mas o maior carnaval vai ser mesmo na minha alma.

PS. Se quiserem posso fazer um  post contando da burocracia da passagem e visto.