Tag Archives: teste de proficiência

Toeflzando (um post menos poético e mais prático)

25 jan

Com certeza um dos maiores obstáculos para quem está nesse programa é o Toefl (Test of english for foreign languages). Se você não precisou ou não vai para país de língua inglesa, sorte a sua! Para os que não tiveram a mesma sorte, preparei algumas dicas, baseadas na minha experiência e na experiência de pessoas que conheço e de outros blogs que li pela internet.

1- É necessário uma base sólida de inglês

Eu completei meu curso de inglês em 2007, ano do meu vestibular. Foram, ao todo, 6 anos de curso, pois comecei bem novinha. Fiz no Brasas, um curso mais conhecido pelas bandas do Rio. Foi aquela coisa, minha mãe sempre pegou no meu pé para não largar, e, no final, eu agradeço hehehehe. O curso, além de me dar a base, tinha um estilo de prova bem parecido com o toefl e tive a sorte de ter aula com um professor americano que tinha um livro de questões do toefl e ele sempre passava esses exercícios pra gente quando ele não tinha nada a mais pra fazer…

Massss se você não teve nada disso, ou nem completou seu curso, não se desespere. Acho que a saída é você mesmo se avaliar em relação ao seu nível de inglês. Será que se eu pego um texto academico pra ler, eu tenho uma boa compreensão? Qual é minha dificuldade para compreender um filme ou série em inglês? Ou seja, pegue coisas do dia-a-dia que façam com que vc tenha uma noção sensata do seu nível e comece por aí.

Se o seu nível é bom, dê preferência a estudar mais direcionado para a prova. Se o seu nível não é lá essas coisas, veja o que vc tem mais dificuldade – ler, escrever, ouvir ou falar – e comece a treinar.

2- Planejar os estudos de acordo com o tempo que se tem

Todos sabemos que esse programa foi feito com prazos bem apertados. Portanto, a segunda variável mais importante, depois do nível de inglês, é o TEMPO. Se o seu tempo é maior, que bom, dedique-se a suprir suas deficiências nas habilidades listadas acima.

exemplos:

Ler – Os textos do Toefl estão em linguagem acadêmica, embora não técnica suficiente para que uma pessoa que não seja da área não possa entender. O melhor jeito de aprender a ler, é lendo. Portanto, leia textos de jornais e revistas americanas, leia artigos na sua área, enfim, LEIA, LEIA, LEIA. O que ajuda, é marcar cada parágrafo do texto e destacar palavras chave que permitam a compreensão daquele trecho.

Escrever – O meu calcanhar de Aquiles… sempre tive dificuldade de escrever… talvez porque não lia o suficiente, talvez por insegurança. O negócio é treinar! Como escrita é muito abrangente, aproveite um livro, como o Kaplan que tem todos os tipos de questão mastigados, leia as dicas e faça os exercícios. São textos como do vestibular, tipo dissertativos, porém ora vc coloca sua opinião, ora vc apenas repete a opinião do texto dado ou do áudio, por isso fique atento.

Ouvir – Se sua dificuldade é essa, procure ouvir aulas em inglês, por exemplo. O que ajuda é anotar as idéias. Na prova há um caderno de rascunho onde vc pode anotar.

Falar – Uma coisa que funcionou comigo foi gravar minha voz no computador. No início, é ridículo, depois acostuma. Vc pode se gravar falando frases ou mesmo fazendo exercícios (falar sobre si mesmo, sobre cantor ou banda preferida, ator ou atriz, etc). Na minha prova, o primeiro exercício foi falar sobre uma celebridade que eu admirava e eu falei da Adele hahaha

Já se o seu tempo é curto, como o meu foi, procure um bom livro. Indico o Kaplan, que foi o que eu usei. Tenho o arquivo, vou ver se consigo hospedá-lo (agora com a SOPA, tá difícil). Vá direto nas parte que vc tem mais dificuldade e leia as dicas. A linguagem dele é tipo de apostila de cursinho, ele tem dividido por habilidades e vc consegue ver todos os tipos de questão que caem de cada parte. Se vc tem mais tempo, leia todo.

Só Kaplan fica bem chato, portanto faça simulados, principalemente para treinar o tempo. Muita gente se enrola no toefl porque fica nervoso e perde tempo nas questões. Se não sabe uma questão, passe adiante, pois no final, vc tem a opção de voltar na questão que vc pulou. O simulado serve pra vc ter uma vivência da prova. O CD que vem no Kaplan tem vários simulados. Tem alguns gratis pela internet afora. só não tenho mais os links, pois ficaram em outro pc. Digitem no santo google que dá certo. O próprio site da ETS tem um de graça depois que vc paga o teste.

3 – Perfumarias

Depois de pesar bem as variáveis NÍVEL DE INGLÊS vs TEMPO, planeje bem o seu estudo, não esquecendo de fazer os simulados.

No youtube, tem um professor que se especializou nisso, que é o Steve Ford, digitem Learn English with Steve Ford. Ele tem video para todas as habilidade inclusive para o IELTS. Ele é meio prolixo, então vão direto ao que vcs tem mais dificuldade.

Não fiquem muito nervosos. Nervosismo só atrapalha no Toefl.

Essas foram dicas para o Toefl ibt, embora algumas possam se aplica no pbt. O pbt tem outra dinamica de prova, cai gramática e não tem a parte do speaking.

O post ficou longo, espero que tenha sido didático. Dúvidas, postem nos comentários.