Tag Archives: viver sem fronteiras

Hora de Recomeçar

1 jul

Depois de quase um ano sem postar, eu volto. Volto para falar da vida que continua sem fronteiras. Recebi muitos feedbacks positivos das pessoas e fiquei muito emocionada com eles. Nunca tinha imaginado que essas besteiras que eu escrevo iam tocar tanta gente. Mas essa é a internet, né?! Nesse meio tempo, incentivei muita gente a se inscrever no CsF. E tentei curtir a minha volta. Mas agora um novo cenário entra em jogo. Eu vou a mais uma aventura sem fronteiras: a Suíça. Calma, vou começar do começo.

Antes, uma coisinha: esse texto não é sobre a Suíça, nem sobre a Europa. É sobre planos que mudam, encontros que não acontecem, sonhos que mudam. O começo de tudo isso foi a Austrália. Mas essa parte vocês já conhecem. Depois, teve a volta, um baque, um balde de água fria. E aí a reorganização. Como quando ocorre uma reação, um composto se quebra, mas as moléculas tem de se reorganizarem. Elas simplesmente tem. Enquanto eu passava o ano novo reorganizando a casa, os pensamentos, me afastando de pessoas, me aproximando de outras, me planejando, no Carnaval, eu passei pensando sobre como tudo que eu tinha planejado para o ano de 2013 poderia mudar radicalmente.

Era uma festa na 2a de carnaval. Eu fui com João, meu amigo do coração do CsF, e os amigos dele pra essa festa no Catamaran. Não sei se foi a bebida, os coqueiros iluminados, os barcos atracados ou a vista incrível, mas era como se eu tivesse um daqueles momentos inexplicáveis de felicidade instantânea. Ao fundo, tocando Rita Lee com Lança Perfume. E aí tive a certeza: tudo pode mudar. A vida não é imutável.  Em apenas um segundo, tudo se transforma. Bom mesmo é se reinventar.

Quando recebi a resposta, as pernas tremeram. E eu tive a certeza que tudo iria mudar. E agora, o frio na barriga nessa segunda feira nublada no Rio, pós final de Copa das Confederações, em época de manifestações, véspera de viagem. Um encontro que não aconteceu. E eu, que passei o início de ano planejando os mínimos detalhes, não sei nem o que vai acontecer hoje. Melhor parar com as expectativas. Melhor deixar de planejar. Hora de recomeçar.

PS: Postarei sobre o que vou fazer na Suíça em breve.